quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Bandidos matam sargento da PM e delegado da Polícia Civil. São 45 agentes mortos na gestão de Camilo Santana

Subiu para 30 o número de agentes da Segurança Pública  mortos no Ceará neste ano, e para 45 no período de apenas um ano e 11 meses na gestão do governador Camilo Santana (PT), um triste recorde na história do Estado. Na manhã deste 15 de novembro - feriado nacional da Proclamação da República - mais dois policiais morreram pelas mãos de criminosos: um delegado da Polícia Civil e um sargento da PM. 
O primeiro crime ocorreu no começo da madrugada, por volta de zero hora, quando dois bandidos armados invadiram a Casa do Albergado da cidade de Sobral, na Zona Norte do Estado, e atiraram contra um policial militar que fazia a guarda da unidade. Tratava-se do sargento PM George de Sousa e Silva, 40 anos. Os atiradores fugiram e não foram ainda identificados.
O militar foi atingido por três tiros, no tórax, punho direito e no fêmur. Em estado considerado grave, ele foi socorrido do local por uma ambulância do Samu para a Santa Casa de Sobral, onde foi submetido a cirurgia. Contudo, sofreu várias paradas cardíacas. Uma das balas penetrou no tórax e atingiu vários órgãos. Por volta das 15 horas, a direção do hospital comunicou à família o falecimento do PM. Elé é o quinto policial morto no Ceará em apenas 15 dias.
Delegado O segundo servidor da Segurança Pública morto nesta terça-feira foi o delegado de Polícia Civil, Audízio Ferreira Santiago, lotado na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), e que iria se aposentar no próximo dia 26.
Por volta de 9h30 ele retornava para a casa, no bairro da Maraponga, em Fortaleza, quando foi atacado por um casal de assaltantes numa motocicleta, na Rua Noruega. Audízio morava próximo dali e estava à pé e desarmado. Retornava de uma igreja e estava na companhia do filho mais velho e da namorada deste, quando os criminosos apareceram e exigiram o celular. O delegado teria reagido e recebeu um tiro no rosto, morrendo instantaneamente, apesar dos esforços de uma equipe médica do Samu que foi acionada para o local do latrocínio (roubo seguido de morte).
Depois de matar o delegado, o casal abandonou a moto no local e fugiu à pé. No entanto, logo em seguida, cometeu outro assalto numa rua próxima e roubou uma segundo motocicleta, que foi também abandonada e depois localizada pela Polícia Militar, no Barroso (Zona Sul). Click Aqui e techa acesso a lista completa.
*** Informações com Fernando Ribeiro via Ceará News 7
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores