sábado, 29 de outubro de 2016

MPF denuncia Palocci nesta sexta-feira (28) por corrupção e lavagem na Lava Jato.

A força-tarefa da Operação Lava Jato denunciou à Justiça nesta sexta-feira (28-10-2016) o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil Antonio Palocci e outros 14 acusados de crimes no esquema de corrupção na Petrobras. O Ministério Público Federal atribui a Palocci os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por ter recebido e intermediado ao PT pagamentos de propina da empreiteira Odebrecht.
Identificado como “Italiano” nas planilhas do eufemisticamente batizado departamento de Operações Estruturadas da empreiteira, o ex-ministro está preso em Curitiba desde o final de setembro, quando foi deflagrada a Operação Omertà, 35ª fase da Lava Jato. Caberá ao juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato, decidir se aceita a denúncia e torna os acusados réus.
Além de Antônio Palocci, o MPF denunciou formalmente o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, os ex-executivos da empreiteira Fernando Migliaccio, Hilberto Mascarenhas, Luiz Eduardo Soares, Olívio Rodrigues, Rogério Araújo e Marcelo Rodrigues, o marqueteiro João Santana e sua mulher, Mônica Moura, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, o ex-presidente da Sete Brasil João Ferraz, os ex-diretores da Petrobras Eduardo Musa e Renato Duque e o assessor de Palocci Branislav Kontic, o “Brani”.
Os procuradores também pedem o bloqueio de 252,5 milhões de reais dos acusados, correspondentes a 0,9% do valor dos contratos firmados pelo Estaleiro Enseada do Paraguaçu com a Petrobras por intermédio da Sete Brasil, nos quais houve pagamento de propina pela Odebrecht a Palocci, Santana e os ex-diretores da Petrobras, além de 32,1 milhões de reais correspondentes às operações de lavagem de dinheiro.
Em caso de condenação dos denunciados, o MPF pede ressarcimento de 505,1 milhões de reais à Petrobras, valor equivalente ao dobro da propina paga nos contratos da Sete com a Petrobras que são alvo da denúncia.
*** Informações com Revista Veja
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores