quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Idoso acusado de ter relação sexual com mula é espancado

Um idoso de 69 anos foi espancado pelo dono de uma propriedade rural no município de Quijingue, a cerca de 300 quilômetros de Salvador. De acordo com informações passadas pela delegacia da cidade, a vítima foi acusada pelo agressor de ter relações sexuais com uma mula. O suspeito de cometer as agressões foi preso em flagrante pela Polícia Militar.
Conforme a polícia, o crime ocorreu após o idoso ter entrado na propriedade rural do agressor, localizada no povoado de Lagoa da Ema, no último domingo (9). O povoado fica a cerca de 14 quilômetros do centro da cidade.
Um investigador da delegacia do município ouvido pelo G1 contou que o agressor afirmou que teria flagrado o idoso tendo relação sexual com o animal e que por isso o espancou. O agressor ainda disse que já havia alertado a vítima antes para que não entrasse na propriedade rural.
Após as agressões, um filho do idoso acionou a 4ª Companhia do 5º Batalhão de Polícia Militar. De acordo com a corporação, o filho da vítima relatou que o pai teria sido agredido fisicamente na propriedade rural conhecida por Sítio Riacho dos Postes.
Conforme a PM, uma guarnição foi até o povoado e localizou o autor da agressão, que assumiu ter espancado o idoso. O homem ainda disse, segundo a PM, que passou a agredir a vítima com socos e pontapés, depois o arrastou pelos braços e o amarrou em uma estaca numa cerca da propriedade, desferindo mais algumas agressões.
O suspeito foi preso horas após o espancamento e encaminhado para a delegacia de Euclides da Cunha.
O idoso agredido, que não teve identidade divulgada, foi internado com ferimentos graves no Hospital Municipal de Quijingue e, segundo a polícia, está aguardando transferência para uma unidade de saúde de Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador. Conforme a delegacia, ele sofreu várias escoriações pelo corpo e está com suspeita de fratura na costela e no braço. O estado de saúde não foi informado.
A delegacia de Quijingue afirmou que o caso foi registrado em Euclides da Cunha, para onde vão os registros de ocorrências nos finais de semana, mas que o relatório será encaminhado para Quijingue. Após isso, testemunhas vão começar a ser ouvidas.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores